Prêmio Tomiko Born

cabeçalho cartaz congresso

Tema: “Envelhecimento, trabalho e inclusão social: desafios e perspectivas”

 

PRÊMIO TOMIKO BORN

 

Tomiko Born nasceu em 1932 e na década de 1970 já lecionava Gerontologia no Instituto Sedes Sapientiae. É pesquisadora de referência na temática do cuidado e sempre destaca em suas entrevistas que devemos criar espaços para o debate sobre o conceito de envelhecimento ativo. Conheça mais sobre a vida e a obra desta grande personalidade do meio gerontológico aqui

REGULAMENTO

1. Princípios e objetivos

 

Valorizar, qualificar, estimular, disseminar e dar visibilidade às pesquisas e iniciativas inovadoras que contribuam para a melhoria da qualidade de vida das pessoas idosas, assumindo-se como ponto de partida conceitual o documento da Organização Mundial da Saúde intitulado “Envelhecimento Ativo: Uma Política de Saúde”. Nesse documento o envelhecimento ativo é definido por:

“processo de otimização das oportunidades de saúde, participação e segurança, com o objetivo de melhorar a qualidade de vida à medida que as pessoas ficam mais velhas. (…) A palavra “ativo” refere-se à participação contínua nas questões sociais, econômicas, culturais, espirituais e civis, e não somente à capacidade de estar fisicamente ativo ou de fazer parte da força de trabalho. As pessoas mais velhas que se aposentam e aquelas que apresentam alguma doença ou vivem com alguma necessidade especial podem continuar a contribuir ativamente para seus familiares, companheiros, comunidades e países. O objetivo do envelhecimento ativo é aumentar a expectativa de uma vida saudável e a qualidade de vida para todas as pessoas que estão envelhecendo, inclusive as que são frágeis, fisicamente incapacitadas e que requerem cuidados.” (OMS, 2005).

Considerando a temática central do Congresso, destacam-se:

– é direito da pessoa idosa, de acordo com o Estatuto do Idoso, exercer uma atividade profissional em um ambiente de trabalho saudável e seguro;

– a Constituição Federal do Brasil proíbe qualquer discriminação no tocante a salários, exercício de funções e critérios de admissão do trabalhador por motivo de idade e também está previsto na Política Nacional do Idoso – PNI (Lei no 8.842/1994) e no Estatuto do Idoso (Lei no 10.741/2003);

– são necessárias políticas públicas que: 1) assegurem renda à pessoa idosa que dela necessitar, possibilitando-lhe viver de forma satisfatória; 2) incentivem empregadores a contratarem pessoas idosas que desejam continuar trabalhando, visando à complementação da renda ou em razão da satisfação que sentem em continuar exercendo alguma atividade laboral e 3) promovam formação continuada, visando o desenvolvimento de novas habilidades, competências aos trabalhadores idosos;

– são necessárias campanhas educativas e de sensibilização na mídia mostrando talentos, competências e de pessoas idosas com o propósito de desconstruir preconceitos etários e que visem também o reconhecimento social de trabalhos voluntários prestados pela população idosa, bem como de aproximação do diálogo entre gerações caminhando na direção da construção de uma sociedade para todas as idades.  

2. Normas para submissão de trabalhos científicos

  • Participantes

Poderão inscrever trabalhos estudantes, docentes, pesquisadores, lideranças idosas e profissionais que contribuam com a temática central desta edição do congresso: desafios e perspectivas sobre envelhecimento, trabalho e inclusão social, conforme item 1 deste regulamento.

Cada trabalho poderá incluir até seis (6) autores.

Para a aceitação do trabalho é condição que o autor previamente indicado como apresentador no ato da submissão esteja inscrito no Congresso.

Cada autor poderá encaminhar até dois (2) trabalhos como autor principal (apresentador). Para coautor, não haverá limite de participação em trabalhos.

É vedada a participação, mesmo em coautoria, de colaboradores que pertençam ao  quadro das Comissões Organizadora e Científica do presente congresso.

  • Considerações éticas em pesquisa

Ao submeter os trabalhos, os autores assumem o cumprimento das legislações e normas éticas que regem a pesquisa com seres humanos e animais (resolução CNS 466/12), bem como em Ciências Humanas e Sociais (resolução CNS 510/16).

  • Processo de submissão

Cada trabalho poderá ser enviado à apreciação da Comissão Avaliadora por meio do formulário eletrônico (clique aqui) até o dia 25 de agosto de 2018 às 23:59 (horário de Brasília).

Cada contribuição deverá conter dados de identificação do autor apresentador, nomes dos autores, instituição onde o trabalho foi desenvolvido, informações para contato, título do trabalho, resumo e palavras-chave (limitadas a 3).

O título do trabalho deverá ter no máximo 100 caracteres com espaços.

O resumo deverá ser digitado em corpo único, não obrigatoriamente estruturado.

O texto do resumo deve conter no mínimo 500 e no máximo 1500 caracteres com espaços e deverá contemplar os seguintes elementos essenciais, de acordo com o tipo de estudo:

Trabalhos Científicos Originais

Relatos de caso, série de casos, relatos de experiência
Introdução (breve)

Objetivos

Métodos

Resultados

Conclusões

Introdução

Objetivo

Relato

Discussão

Considerações finais

Atenção: 
  • Não serão aceitas revisões narrativas de literatura. Revisões sistemáticas, com ou sem metanálise, serão aceitas e avaliadas como Trabalho Científico Original.
  • Trabalhos cujos resultados não estiverem concluídos não serão analisados.

Imediatamente pós a submissão do trabalho o autor receberá a confirmação por meio do e-mail principal de contato informado no formulário. Esta mensagem de confirmação é automática e garante ao participante que o trabalho foi enviado corretamente. Caso não receba o e-mail com a confirmação de submissão em até 48h, o autor deverá entrar em contato com a comissão científica por meio do e-mail concurso@envelhecimentoativo.com.

3. Processo de análise das submissões

A Comissão Científica se encarregará de receber e processar as contribuições, bem como estabelecer comunicação com os autores.

Os membros destacados da Comissão Avaliadora se encarregarão da análise do mérito das contribuições científicas recebidas dos participantes do presente prêmio.

O período de análise dos trabalhos se dará entre os dias 27 e 31 de agosto de 2018. O resultado final será comunicado entre os dias 01 e 06 de setembro de 2018.  

Ao todo serão selecionados até 42 trabalhos para apresentação no congresso, dos quais o dois (2) primeiros colocados por classificação serão convocados a apresentar seus trabalhos oralmente. Apenas os dois (2) primeiros colocados que aceitarem apresentar oralmente seus trabalhos serão premiados. A recusa a essa modalidade de apresentação (oral) acarretará desclassificação do trabalho.

  • Critérios de avaliação:

Cada trabalho será avaliado simultaneamente, segundo os mesmos critérios, por pelo menos dois (2) avaliadores independentes destacados da Comissão Científica que integrarão a Comissão Avaliadora.

Cada membro da Comissão Avaliadora receberá as submissões sem identificação de autoria e de instituição, apenas contendo o título, o resumo e as palavras-chave.

Serão atribuídas notas a critérios metodológicos que contemplem os seguintes aspectos maiores:

  • originalidade;
  • texto claro, conciso;
  • tema coerente com as questões centrais abordadas no Congresso;
  • detalhamento metodológico suficiente;
  • resultados articulados com os objetivos propostos;
  • discussão e conclusões em consonância com os resultados apresentados;
  • para os relatos de caso / série de casos / relatos de experiência, a Comissão Avaliadora também levará em consideração a raridade, a relevância social, a qualidade da documentação e o conhecimento científico gerado pelo caso

Será feita a classificação decrescente de notas finais geradas pela média aritmética simples de todos os componentes da avaliação. Deste modo será definida a classificação final para fins de premiação e decisão quanto à forma de apresentação.

4. Apresentação dos trabalhos

A apresentação ORAL dos dois (2) primeiros colocados ocorrerá na Mesa de Trabalhos Científicos da programação do Congresso. A duração de cada apresentação será de 15 (quinze) minutos no dia 22 de setembro de 2018 às 15h30min.

No impedimento do apresentador qualquer um dos demais coautores poderá substituí-lo.

Os autores dos trabalhos aprovados para apresentação no formato PÔSTER deverão respeitar a seguinte padronização:

  • Título em destaque;
  • Identificação institucional, dos autores e um endereço eletrônico;
  • Letras, logotipos, gráficos, tabelas, fotografias, dentre outras imagens de fácil visualização em distância aproximada de 2m;
  • Texto claro, sucinto e devem ser observadas as mesmas normas previstas para envio de Relato Oral .
  • O pôster deve ter a medida de 90 x 120cm (L x A) e deverá ser confeccionado de modo a ser pendurado em suporte móvel apropriado tipo tripé que será cedido pelos organizadores.
  • O pôster deverá ser colocado no dia do evento a partir das 8h e mantido disponível para sua visitação até o final do evento.

5. Certificados de participação

Serão emitidos certificados de participação para cada trabalho apresentado no congresso (formato oral ou pôster). Será emitido apenas um certificado por trabalho contendo os nomes dos autores na sequência em que foram listados no ato da submissão em formulário eletrônico.

Cada coautor se encarregará das cópias reprográficas às suas próprias expensas.

Importante: trabalhos cujos nomes de autores foram grafados de maneira incompleta (por abreviatura ou omissão de um ou mais sobrenomes) não serão alterados e constarão no certificado da maneira como informado pelo autor principal no momento da inscrição. O mesmo se aplica ao título do trabalho. Não serão aceitos pedidos de correção para qualquer dos elementos da submissão feita pelo autor em formulário eletrônico.

6. Premiação

O primeiro colocado no Prêmio Tomiko Born apresentará oralmente seu trabalho e receberá o valor de R$1.000,00 e uma placa de honra ao mérito.

7. Disposições finais

Este regulamento poderá sofrer alterações nos quesitos período de inscrições, período de avaliação ou normas de apresentação de trabalhos durante a sua publicação. Qualquer alteração será comunicada via site ou e-mail.

O prêmio não inclui despesas de deslocamento e hospedagem dos autores do trabalho. Saiba como chegar e onde se hospedar clicando aqui.

A decisão final da comissão avaliadora é considerada soberana e não cabe recurso.  

Ao término do congresso, os resumos dos trabalhos apresentados serão disponibilizados no site. Veja exemplos de anos anteriores aqui.

8. Comissão Científica  

Angelica Castilho Alonso

Áurea Eleotério Soares Barroso

Marilia Anselmo Viana da Silva Berzins

Rachel Vainzoff Katz

Renata Cereda Cordeiro


Leia e imprima este regulamento via

google-docs-animation-_2x

Pronto para enviar seu trabalho? Clique na imagem abaixo e preencha o formulário.

formulário1

 

Um pensamento sobre “Prêmio Tomiko Born

  1. Pingback: É lançado o Prêmio Tomiko Born no IV Congresso Municipal sobre Envelhecimento Ativo | IV Congresso Municipal sobre Envelhecimento Ativo

Deixe aqui seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s